Brasil,
Cadastre-se e receba novidades!
Página inicial  |  Mural de Recados  |  Livro de Visitas  |  Agenda de Eventos  |  Galeria de Fotos  |  Mascotes  |  Fale Conosco
O Cancioneiro - Já fui novo e ...
...

Siga o Gu@pos no Twitter!
01/10 - Grupo Rodeio no teatro Dante Baro... 26/09 - ... 24/09 - ...
 
CARNEADOR
Antônio Francisco de Paula
 Tamanho da fonte 
No armazém do Teodorico,
num costado de potreiro,
era tarde de janeiro
já quase findando o dia,
conheci o Malaquia,
índio mulato retaco
levando em mala de saco
seus ferros de serventia.

Machadinha, serra, canivete,
a chaira, adaga, punhal,
mais um sovado avental
de estopa já esfarrapado,
encardido, ensangüentado
das lidas de carneadas
que fazia nas charqueadas,
no arredor dos povoados.

Debruçado no balcão,
chapéu batido na copa,
de lenço, bombacha e bota,
a guaiaca na cintura,
golpeava uns tragos de pura
entreverado com a peonada,
nos causos dando risada
das festanças e aventuras.

Até parece que estou vendo
o Malaquia com a faca,
joelho em riba de uma vaca
na sombra do velho ipê,
ligeirito como quê,
lonqueando sem retalhar
só a carne destrinchar
pra o bolicheiro vender.

Estaquear e atar o couro
num galho grosso e torcido,
ouvindo perto o latido
da Diana companheira,
cadela preta campeira
que corria sem estorvo
repontando longe os corvos
da beirada da mangueira.

Num prisco fazendo fogo
com ramos de cambará,
botando a costela a assar
na quentura do braseiro,
mui alegre e hospitaleiro
tratando da gurizada,
rindo e fazendo caçoada
sentado sobre um baixeiro.

Gaudério meio teatino
não tinha casa nem rancho,
vivia que nem carancho
com a lapiana sempre afiada,
e onde tivesse carneada
apeava, e ia ficando,
sangrando e dependurado,
cuidando da barrigada.

Assim levava sua vida
andando de estância em estância,
farejando as matanças
por aquelas redondezas,
praticando com destreza
o ofício que Deus lhe deu,
a profissão que aprendeu
na escola da natureza!
Ver todas as poesias...
Luiz Marcelo Felippi
Joinville/SC
Eu sou fã do guapos porque é um excelente site! Ab...
Participe você também!
  ENQUETES  
Por qual meio de comunicação você chegou até o Portal Gu@pos?
  PESQUISA  
Pesquisa personalizada