Home » POESIA » Yé e José Ernesto Tavares – RASTRO DA HISTÓRIA

Yé e José Ernesto Tavares – RASTRO DA HISTÓRIA

Foi nas patas do cavalo
Que alargamos a fronteira
Fazendo vir até aqui
A cultura missioneira
E o progresso transportado
Na carreta rangedeira
Que abriu novos caminhos
Da terra sul-brasileira.

Era para de cavalo
Era roda de carreta
Era ronco de cordeona
E chio de chaleira preta.

E no meu pago nativo
De campos e mananciais
E com rastros de saudade
Herança dos ancestrais
Marcando com sulcos profundos
Os velhos campos neutrais
Que foram pouso e morada
De meus avós e meus pais.

De combates e de guerras
Foram feitas trajetórias
Uns tombavam em campo aberto
Outros voltavam com a glória
Cobertos de cicatrizes
Pelas lutas e vitórias
Poesia, sangue e versos
Fazem rastros da história.

Sobre Jeff

Idealizador e fundador do Portal Guapos. Pai, fotógrafo, desenvolvedor web, responsável pelo desenvolvimento do Portal Guapos, amante da tradição gaúcha e um apaixonado por internet e tecnologia.

CONFIRA TAMBÉM

GENTE, TERRA E LIBERDADE – VALDORION KLEIN

Ali! No Sul Catarinense, No povoado de Laguna, Ninguém tinha fortuna, Era parada de tropeiro. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *