Home » LANÇAMENTOS » ACIT » César Oliveira e Rogério Melo – Cancioneiro do Rio Grande do Sul – Volume 1

César Oliveira e Rogério Melo – Cancioneiro do Rio Grande do Sul – Volume 1

César Oliveira & Rogério Melo estão lançando o 13º da carreira, intitulado “Cancioneiro do Rio Grande do Sul – vol. 1”, um apanhado de grandes clássicos que remontam os primórdios de um movimento cultural e musical que originou a vasta e rica canção regional gaúcha que temos hoje.

A ideia deste projeto foi acalentada há mais de dez anos e partiu de uma conversa entre César Oliveira e Luiz Menezes. Desde então, o repertório vem sendo montado, através de pesquisa e estudo do que representou cada uma das músicas escolhidas, cada qual em seu tempo, bem como critérios de ritmos, temática e de linguagem. O resultado são dezesseis fonogramas que praticamente contam a história do cancioneiro no Rio Grande do Sul, através das obras de nomes como Telmo de Lima Freitas, Gildo de Freitas, Honeyde e Adelar Bertussi, José Mendes, Barbosa, Lessa, Pedro Raymundo e, até mesmo, Lupicínio Rodrigues.

Compõem o repertório músicas do imaginário afetivo rio-grandense, contendo pérolas como “Última lembrança”, “O roubo da gaita velha”, “Cancioneiro das Coxilhas”, “Canção do gaúcho”, “Os homens de preto”, entre outras, todas gravadas respeitando o arranjo original, ao que foram agregados apenas recursos técnicos e de gravação mais apurados. A direção musical é, mais uma vez, assinada por Rogério Melo e a produção é de César Oliveira.

Em última análise, o “Cancioneiro do Rio Grande do Sul – vol. 1” tem como objetivo dar o devido valor aos precursores da música regional gaúcha, tirando algumas de suas obras do ostracismo e dando um novo verniz ao que já era belíssimo originalmente. “Promover o encontro das novas gerações com os grandes compositores, os que ‘abriram picada’, é o nosso intuito”, diz César Oliveira, “pois muito do que já se produziu cultural e musicalmente está ficando esquecido, e são as nossas verdadeiras referências.”

O projeto gráfico do CD também busca fazer uma homenagem, neste às obras de arte de Rossini Rodrigues, artista plástico são-borjense cujo trabalho é reconhecido até mesmo pela UNESCO, mas que é desconhecido pela maioria dos gaúchos. Seis de suas esculturas em argila ilustram o disco.

O projeto do “Cancioneiro do Rio Grande do Sul” não deve parar por aí. Estão previstos mais dois volumes que continuarão a mostrar o folclore gaúcho de forma autêntica e natural.

Fonte: ACIT

Sobre Jeff

Idealizador e fundador do Portal Guapos. Pai, fotógrafo, desenvolvedor web, responsável pelo desenvolvimento do Portal Guapos, amante da tradição gaúcha e um apaixonado por internet e tecnologia.

CONFIRA TAMBÉM

Os Serranos – Nego Betão

Baixem e escutem agora: Soundcloud: https://soundcloud.com/osserranos-247241764/nego-betao-inedita Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=F2FhHcYkfB4&feature=youtu.be

1 comentário

  1. luiz carlos pedrozo

    Me orgulho de ter gente como vocês na minha terra, viajo muito para SP,MG, Parana e levo suas musicas mas e normal os amigos me tomarem os cds de vocês ,um cordial abraços deste gaúcho que se legra com sua musicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *